• Redação

Lei Maria da Penha completa 16 anos com lançamento de livro

A Lei Maria da Penha em Cordel é reconhecida pela ONU como uma "obra de grande relevância sociocultural”

Lei Maria da Penha completa 16 anos com lançamento de livro. Foto: Divulgação


A obra original foi escrita em 2009, a pedido da própria Maria da Penha e já foi apresentada para mais de 100 mil alunos das escolas públicas brasileiras pelo próprio Tião. O texto, além do português, já foi traduzido para o inglês, espanhol, braile e libras. A Lei Maria da Penha em Cordel é reconhecida pela ONU como uma "obra de grande relevância sociocultural”, o que rendeu convite para o autor representar o Brasil em eventos internacionais.


Maria da Penha, que escreveu o prefácio do livro destaca: “acredito que a educação é o caminho para construirmos um mundo onde todos e todas tenham respeito para com os nossos semelhantes, independente de sua raça/cor, gênero, orientação sexual, de suas escolhas pessoais e/ou profissionais, de sua condição física e/ou intelectual”.


Sobre a Literatura de Cordel

Vale ressaltar que em 2018 a Literatura de Cordel foi reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como patrimônio cultural Brasileiro. Esta modalidade literária vem cada vez mais cumprindo a sua função social de entreter, informar e educar.


Sobre o autor Tião Simpatia

O poeta popular, músico e arte educador Tião Simpatia, foi alfabetizado aos 15 anos de idade por meio da Literatura de Cordel na zona rural de Granja-CE. Concluiu seus estudos em Camocim, mudando-se para Fortaleza em 2006, onde reside atualmente.


Há 28 anos vivenciando a arte em sua plenitude, o artista mescla música, cordel e cidadania. A partir de 2007 passou a viajar por todo o Brasil se apresentando ao lado de Maria da Penha. Este ano foi eleito vice-presidente da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.


Projeto Mulheres de Lótus

A ONG Instituto Brasil + Social criou o Projeto Mulheres de Lótus, que pretende acolher e dar suporte emocional e profissional para inserção da mulher no mercado de trabalho. Hoje traz o poeta Tião Simpatia e a advogada de família Bethânia Costa numa live, às 19h00, para falar sobre os 16 anos da Lei. É possível saber mais sobre o projeto no site.


Serviço

Tião Simpatia participa de live do Instituto Brasil + Social nesta segunda, 8/8, às 19h00 pelo Instagram.


Da Assessoria