top of page
  • Redação

Jovens apresentam música de percussão que transformou vidas

Projeto "Batucando" finaliza o primeiro ano de atividades com apresentação em Ipiranga, dia 2 de dezembro

Crianças e adolescentes apresentam música de percussão que transformou vidas. Foto: Divulgação


A música transforma – essa é a certeza que move o projeto “Batucando”, que reúne cerca de 60 crianças e adolescentes de Ipiranga, no interior do Paraná, desde janeiro deste ano. Além de viajar para cidades próximas como Guamiranga e Ivaí, eles apresentam dia 2 de dezembro tudo que aprenderam em sua cidade natal, no complexo esportivo José Izaias Blum, de Ipiranga, às 19h, com entrada franca. Será a última apresentação do ano.


Na oportunidade, o grupo pretende celebrar com a plateia um ano de muito aprendizado, troca, afeto e grandes amizades. “Queríamos que as crianças tivessem interação social e convivência positiva, para aprender música a partir disso. Ou seja, a música é o fio condutor, e não o fim em si mesma”, explica o professor de percussão e um dos idealizadores do projeto, Cássio Viante, que também dá aulas de piano no conservatório de música de Ponta Grossa.


A proposta foi selecionar alunos atendidos pelo Centro de Referência da Assistência Social, alguns moradores da zona rural, e ensinar os fundamentos de instrumentos de percussão. No percurso, trazer conceitos de autonomia, responsabilidade e do valor da educação para toda a vida.


“Aos poucos fomos construindo um clima de respeito com o grupo, por meio do desenvolvimento das habilidades musicais, que eles têm de sobra, mas também era nosso objetivo desenvolver a socialização”.


Repertório ritmado

A ideia do projeto Batucando era usar ritmos de samba, e os instrumentos foram escolhidos com foco nesse estilo: caixa, repinique, surdo, agogô, tamborim e chocalho. “Mas mudamos a escolha das obras para abarcar os estilos preferidos pelo nosso público”, explica o maestro. Para animar as crianças, entrou o pop rock internacional, com direito a Michael Jackson e White Stripes. E para contentar a plateia de pais e avós, entraram ritmos nacionais como o baião do Nordeste e a música tradicional gaúcha – “Asa Branca” e “Do fundo da grota” são alguns dos sucessos que se destacam.


Em meio a muito som, após onze meses de aulas o grupo está fortalecido. “Eles próprios criaram combinados no início do projeto e se animaram com a possibilidade de ter tanta autonomia”, comemora Cássio.

Crianças e adolescentes apresentam música de percussão que transformou vidas. Foto: Divulgação

Serviço

“Batucando”

Apresentação da orquestra de percussão

Local - Campo de futebol suíço do complexo esportivo José Izaias Blum (Rua Josefa Vieira s/nº, Ipiranga, Paraná)

Dia 2 de dezembro, às 19h

Entrada franca

Produção: BPC Produções

Apoio: Havan

Apoio Cultural: Secretaria Municipal de Assistência Social de Ipiranga e Prefeitura Municipal de Ipiranga

Projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura | PROFICE da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura | Governo do Estado do Paraná.


Da Assessoria

bottom of page