top of page
  • Hurlan Jesus

I Mostra de curtas e videoclipes reúne produtores do audiovisual de PG

Evento aconteceu na Proex com a exibição de 24 produções audiovisuais de produtores ponta-grossenses

I Mostra de curtas e videoclipes reúne produtores do audiovisual de Ponta Grossa. Foto: Hurlan Jesus

Na noite da última quarta-feira (07), foi realizado no auditório da Proex (Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais) a I Mostra aberta de Vídeos e videoclipes, selecionados do edital Cine-Foto-Vídeo Ponta-grossenses. O evento foi uma realização da Secretaria Municipal de Cultura, Conselho Municipal de Políticas Culturais, tendo como liderança na organização, o conselheiro do segmento audiovisual, Manoel Correa BigNel.


Participaram do evento, produtores dos videoclipes e vídeos curtos, além de outros agentes culturais da cidade de Ponta Grossa, que são atuante no segmento do audiovisual. Ao todo foram exibidos 24 trabalhos, sendo 12 vídeos curtos e mais 12 videoclipes.


Os trabalhos apresentados no quesito “vídeos curtos foram: “Devaneio da Solidão” de Mariele Alexandra Zanin; “Sebastian” de Kevin Braga Contente; “Hilda” de Terezinha Geni Vetorato; “Reconstrução” de Gabriella Rayssa Giebiluka Pieckhardt; “Elevação – Apologia Sul e Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa” de Tiago Vitor de Souza; “Soneto 116” de Maurício Gabardo Júnior; “Eu, Pomba” de Fernanda Burgath; “Calma, respire, tome um café” por Gabriel Antônio de Oliveira Lima; “Soneto Número Seis” de Gabriel Rigoni Vernek; “Todas as Noites” de Newton Schner Jr; “Crazy Pepople” de Gabriela Cordeiro de Paula; “Até onde as pernas durem” de Alisson Thiago do Nascimento.


Os videoclipes apresentados foram: “Pandemia” de Ismael Alves dos Santos (Gueg); “Ego” de Eric Matheus Santana Rosa (Banda Hoovaranas); “Um corpo é um corpo” de Gabriela Cordeiro de Paula (MUM); “Game” de Diogo Fernando Teixeira; “Minha Fé, Meu Axé” de Alex Sandro Januário de Paula; “Maus Lençóis” de Rafael de Toledo Pedroso da Silveira; “Wizard” de Diogo Januário (Stanley); “Espelho” de Jorge Henrique Bahls Rodrigues; “Meu primeiro par de Jordans” de Juliano Bittencourt Silva; “Coragem” de Rehael Martins de Souza; “Tryin’ To Be a Rolling Stone” de Admilson Aparecido Anhaia; “Terra à Vista” de Vicor Emmanuel Carbonar Santos.


Durante o evento foi discutido sobre as leis de incentivo à cultura que destinará verbas para produções culturais da cidade, principalmente a Lei Paulo Gustavo, que vai injetar dinheiro exclusivamente no segmento audiovisual. O conselheiro Bignel explica que esta I Mostra é só o começo, “Esta noite é um marco para a produção audiovisual do município de Ponta Grossa. Nossa cidade tem potencial de sobra para se tornar referência cinematográfica no Brasil, e essa mostra, atesta o que eu estou dizendo”, comenta BigNel.


Após as exibições dos curtas e videoclipes, foi feito uma votação para eleger os trabalhos. Entre os participantes do evento, os vídeos que receberam destaque foram: “Até onde as pernas durem”(1ª lugar); o segundo lugar ficou dividido entre “Elevação” e “Eu, Pomba” e o terceiro lugar ficou com “Crazy People”. Entre os videoclipes, o vencedor foi “Meu primeiro par de Jordans”; o segundo colocado foi “O corpo é um corpo” e o terceiro lugar ficou com “Terra à Vista”.


bottom of page