top of page
  • Redação

Historiador de PG pede ajuda para recuperar réplica furtada de locomotiva

Réplica da Maria Fumaça foi construída em 1945. Em 2015, o item foi furtado do Centro de Cultura e até o momento não foi recuperada

Historiador de PG pede ajuda para recuperar réplica furtada da Maria Fumaça. Foto: Acervo Pessoal


A história de Ponta Grossa está intimamente ligada à história ferroviária. O início do século XX marcou a chegada dos trilhos e das locomotivas, e a cada viagem, as cargas traziam desenvolvimento para região.


Com o passar dos anos, o que ficou foram as lembranças, as histórias, e as pessoas que cultivam essas memórias. Como o historiador José Francisco Pavelec, um dos maiores ferromodelista do Brasil, que luta pela preservação desta história em Ponta Grossa.

No Parque Ambiental, existe a Maria Fumaça 250, um Patrimônio Cultural Tombado. E a cidade recebeu a doação de uma réplica desta locomotiva. A réplica, que preserva a história da Maria Fumaça, foi construída em 1945. E uma curiosidade, é que foi construída a vapor e funciona, ou funcionava, porque em 2015, este item foi furtado do Centro de Cultura de Ponta Grossa e até o momento não foi recuperado.


O historiador Pavelec comenta que a peça é única no mundo todo “é um patrimônio exclusivo, e a família que fez a doação pediu como condição de que não saísse de Ponta Grossa, senão, eu teria doado para Carambeí” desabafa.

Foto da réplica da Maria Fumaça. Foto: Acervo Pessoal

Pavelec tem verdadeira paixão por ferrovia, atualmente coleciona mais de 20 mil itens, e para ele, é muito difícil conviver com este descaso do furto da réplica “O sofrimento é grande. Nós damos um passo para frente e o pessoal da cultura puxa cinco, seis para trás, isso é inevitável”.


A Secretaria de Cultura, comentou que este furto aconteceu em 2015, durante a madrugada, enquanto o Centro de Cultura passava por reforma. Com a réplica, obras de arte foram furtadas. As obras foram recuperadas, mas a locomotiva não. Há um boletim de ocorrência que registra o fato.

Locomotiva Maria Fumaça 250, Patrimônio Tombado. Foto: Izabelle Antunes

Pavelec pede a colaboração para que a réplica seja localizada. “Essa locomotiva desapareceu. Se alguém quisesse resgate, eu me propunha em pagar” finaliza.

bottom of page