top of page
  • Foto do escritorRedação

Festa das Nações na Santa Rita segue até domingo

No final de semana, as atrações começam com a ‘tarde das crianças’, neste sábado, e a abertura das barracas da praça de alimentação

Na terça-feira, muita gente passou pela festa, trazida também pelo show de Giana Althaus. Foto: Divulgação


“A festa quer ser um convite para que as pessoas vivam a vida cristã em seu dia a dia”. O destaque sobre o mais importante evento da Paróquia Santa Rita de Cássia, a Festa das Nações, foi dado pelo pároco, padre Evandro Luis Braun, ao agradecer os quase mil voluntários que servem nos nove dias dos festejos da padroeira. “O primeiro desafio é fazer com que todos trabalhem em comunhão. É muita gente envolvida, vários setores, muitas ideias. O segundo, é fazer com que a festa seja evangelizadora”, comentou.

De acordo com padre Evandro, reunir as pessoas é o principal desafio: “gente com a questão financeira muito adiversa e que, em uma situação como essa, influencia bastante”, acrescenta, lembrando que são pessoas ligadas à paróquia e que trabalham muito antes da festa começar. “Queremos, pelo testemunho de comunhão entre as pessoas, fazer com que o Evangelho seja anunciado pela vida que se vive”, enfatizou. Outro desafio, segundo o pároco, é fazer com que a estrutura aumente, mas que os custos se mantenham. “Que a paróquia tenha resultados com isso, ainda que a preocupação não seja financeira, mas evangelizar, é preciso que a festa não dê prejuízo”, afirmou.


A Festa das Nações, que começou dia 13, segue nesta sexta-feira com a novena em louvor a Santa Rita às 15 horas e 19 horas e, em seguida, show de Juliana Fornazari. No final de semana, as atrações começam com a ‘tarde das crianças’, neste sábado, e a abertura das barracas da praça de alimentação, a partir das 16 horas. Depois da celebração da noite, será a vez de Moysés Ferreira subir ao palco.


No domingo (21), haverá missa às 8 horas e, às 10h30, missa solene e procissão pelo entorno da Praça Hulda Roedel. Depois, a partir das 11h30, será servido o tradicional churrasco, À tarde, acontecerão binguinhos e o Show de Prêmios, às 16 horas. As cartelas estão sendo vendidas a R $15. Serão mais de R $35 mil em prêmios. O domingo, e a festa, encerra com a missa, às 20 horas. Na segunda-feira (22), dia de Santa Rita, serão celebradas três missas: às 12 e 15 horas e às 19h30, com bênçãos especiais e na presença da relíquia de Santa Rita. Trata-se de um pedaço do hábito que santa Rita costumava usar. A relíquia pertence à Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Castro, e veio diretamente de Cássia, na Itália.


A praça de alimentação funciona, de segunda a sexta-feira, das 18 às 22 horas, e, no final de semana das 16 às 23 horas. São dez barracas, servindo comidas típicas: americana, polonesa, ucraniana, chinesa, suíça, holandesa, alemã e brasileira.


Da Assessoria

Comments


bottom of page