top of page
  • Foto do escritorRedação

Exposição do curso de Artes Visuais comemora 200 anos de PG

A exposição “Outros 200”, organizada por alunos do curso de Artes Visuais, traz visões de Ponta Grossa, em comemoração aos 200 anos da cidade

O objetivo era contemplar não somente lugares representativos do ponto de vista sociocultural, político e econômico, mas também trazer à tona espaços invisibilizados. Foto: Aline Jasper


Até 29 de março, quem visita o Museu de Ciências Naturais da Universidade Estadual de Ponta Grossa (MCN-UEPG) tem mais uma atração. A exposição “Outros 200”, organizada por alunos do curso de Artes Visuais, traz visões de Ponta Grossa, em comemoração aos 200 anos da cidade.


A curadoria ficou a cargo do professor Fabio de Castilhos Lima e dos acadêmicos do segundo ano de Licenciatura em Artes Visuais. As obras foram realizadas a partir da contemplação das subjetividades presentes nos espaços da cidade, como parte das atividades da disciplina de Projeto Articulador 2, usando as técnicas de pintura, recortes, fotografia, escultura e desenho em carvão.


Como conta a acadêmica Isabela Bryk de Ramos, que participou da exposição, os debates da disciplina levaram à escolha do tema, partindo de estudos sobre as subjetividades do espaço. “Ao longo do semestre, foram trabalhadas as ideias de espaço, suas subjetividades, como o artista se utiliza do espaço e como o próprio artista é impactado por ele. Então dentro da exposição trabalhamos essa ideia: um outro olhar aos espaços de Ponta Grossa, como são representados esses espaços, como as pessoas da cidade se relacionam com eles”, explica.


O objetivo era contemplar não somente lugares representativos do ponto de vista sociocultural, político e econômico, mas também trazer à tona espaços invisibilizados. “Ponta Grossa foi representada inteiramente dentro daquela exposição, sejam seus detalhes, seus espaços escondidos, lugares que já foram demolidos e até locais famosos com outra visão”, destaca Isabela.


Cada aluno participou da criação de duas obras, sejam individuais ou coletivas. Segundo a acadêmica, isso possibilitou uma maior diversidade nos processos de criação. Para a formação dos alunos de Licenciatura em Artes Visuais, foi uma oportunidade de trabalhar todos os aspectos do processo criativo, com a elaboração da obra, técnicas, experimentações; a curadoria, com a organização e montagem da exposição, adaptação do ambiente; e também a parte educacional, com a monitoria, disponibilizando para grupos uma visita guiada. “Esse tipo de atividade, quando implementada num curso de graduação, nos permite compreender e entender inteiramente um processo artístico e também educacional”, avalia Isabela. “Como artista, é uma satisfação enorme poder apresentar um trabalho para o público, poder debater sobre ele e ver seu trabalho exposto, ainda mais ao lado do trabalho de pessoas que se admira tanto”.


Os acadêmicos e artistas que participam da exposição são: Bruno dos Santos Farias, Davi Rafhael Mariano, Fabiely Inae Benck Cobeski, Gabriela Hrentchenchen, Helena da Rocha Fornazari, Isabela Bryk de Ramos, Kauana Cristina da Silva, Leonardo Bueno Rasmussen, Lucas Fernandes de Lima, Manuella Maciel Gonçalves, Merlyn Cecilia Camargo Faustin, Nicole Kayanyma Antunes da Rocha, Talula Boldt Rodrigues de Souza, Thayssa Munique de Souza, Vithor “Tito” Bernardo Panichi Santos e Wanklin Willian Leal dos Santos.


O Museu de Ciências Naturais da UEPG fica no Centro de Convivência do Campus Uvaranas e fica aberto para visitação de terça a sexta-feira das 9h30 às 12h e das 14h às 17h30. Para grupos e visitas com monitorias, é preciso agendar pelo telefone (42) 3220-3788 ou pelo e-mail mcn.uepg@gmail.com. A exposição “Outros 200” também está disponível na galeria virtual do curso de Artes Visuais.

Exposição do curso de Artes Visuais da UEPG comemora 200 anos de Ponta Grossa. Foto: Aline Jasper

Da Assessoria

Comments


bottom of page