• Redação

Estudantes homenageiam servidores públicos de PG

Alunos da Escola Municipal Maria Elvira Justus Schmidt, no distrito de Guaragi, zona rural de Ponta Grossa prestou uma homenagem em formato de poesia para os servidores públicos da cidade

Estudantes de Guaragi homenageiam servidores públicos de PG com poesia. Foto: Divulgação

O estudo da poesia está ajudando os alunos da Escola Municipal Maria Elvira Justus Schmidt, no distrito de Guaragi, zona rural de Ponta Grossa, a entender e analisar o mundo e a vida. Hoje, após serem iniciados no universo literário, o olhar poético é acionado pelos estudantes a todo momento.


Foi assim durante uma atividade realizada para estudar a função e importância dos servidores públicos do município de Ponta Grossa, com mediação da professora Rosiane de Souza Madureira. Após trabalhar o tema, a turma acionou a chave poética de ler o mundo para olhar os profissionais do serviço público e construir uma homenagem no Dia do Servidor, comemorado neste dia 28 de outubro.


Dia do servidor Mais do que um dia festivo, representa o orgulho de ser incansável sempre lutando pela construção de uma sociedade melhor parabéns por todo o seu trabalho e dedicação A mais honrosa das ocupações é servir, ser útil e ajudar o outro é sim um trabalho duro, com sacrifício, muitas vezes até choramos muitas vezes sorrimos, momentos que nos empurram para o futuro Profissional dedicado a servir o povo brasileiro e hoje nosso abraço e gratidão especial é para você, servidor de Ponta Grossa.


A poesia foi produzida coletivamente pelos alunos do 5º ano B da Escola Municipal Maria Elvira Justus Schmidt. Conforme a professora, o trabalho foi realizado em agradecimento ao trabalho do servidor público e é fruto de um breve estudo sobre a função e importância do servidor nas diferentes instâncias de atuação.


“Nosso trabalho com a poesia nasceu durante a alfabetização dos alunos e hoje floresce naturalmente em nosso cotidiano escolar. Sempre recorremos à poesia para nos expressar e expor o que aprendemos e sentimos”, conta a professora.


As gravações tiveram a participação dos alunos Abner Mendes Silva, Bryan Vasco Hilgemberg, Graziela Vitória Voitikoski, Isabela Beatriz dos Santos Pinheiro, João Gabriel Ferreira dos Santos, Natalia de Melo, Millena Graziela Hartleib e Nicolas Mateus Voitikoski, com mediação da professora Rosiane de Souza Madureira.


Confira os depoimentos sobre o aprendizado dos alunos em sala de aula:


Nicolas Mateus Voitikoski “Eu estudei sobre a polícia, sempre rondando a nossa cidade, cuidando para ver se tem ladrões. Se não fossem eles, os ladrões teriam roubado tudo, por isso temos que agradecer as polícias”.


Graziela Vitória Voitikoski “O servidor deve ser valorizado, sempre lembrado, porque tem pessoas que limpam as ruas, limpam hospitais, professores que ensinam a ler e escrever e devem ser muuito lembrados, porque desde o início o professor faz mudar a vida”.


Isabela Beatriz dos Santos Pinheiro “Podemos precisar do servidor público no futuro. Se não tivéssemos eles, não teria um posto de saúde. Os que trabalham no posto de saúde arriscam sua própria vida para cuidar de nós”.


Abner Mendes Silva “Aprendi que também, se não fosse a Prefeitura e os servidores, nossas ruas estariam todas cheias de buracos, e se não fossem as merendeiras não teriamos merenda na escola. Por isso temos que valorizá-las.


Bryan Vasco Hilgemberg “Temos que valorizar os servidores, pois se não fossem eles, não estaríamos vivos com as vacinas. E as serventes são importantes para limpar as escolas, fazer o lanche, tudo. As médicas, que se arriscam a cuidar das pessoas com Covid todos os dias e as enfermeiras, que estão dando as vacinas”.


Natália Levandovski da Silva “Entendi que servidor público são sempre aquelas pessoas que estão presentes com a gente, que ajudam a cada dia no posto de saúde, o policial e os professores, que ensinam a gente a ler e a escrever”.


Fonte: Assessoria