top of page
  • Foto do escritorHurlan Jesus

Coletivo PSOL busca retomada das competições culturais no JEM

O avanço dessa proposta pode significar um importante passo para a valorização da cultura no âmbito estudantil

A vereadora Josi Kieras, porta-voz do Mandato Coletivo do PSOL, destacou a importância da cultura para o desenvolvimento intelectual e pedagógico dos estudantes. Foto: Divulgação


O Coletivo do PSOL apresentou esta semana o Projeto de Lei 141/23, com o objetivo de instituir atividades culturais com mostras competitivas dentro da programação dos Jogos Estudantis Municipais (JEM). A proposta busca atender a uma demanda dos próprios estudantes e garantir o retorno das modalidades culturais por meio de lei.


A vereadora Josi Kieras, porta-voz do Mandato Coletivo do PSOL, destacou a importância da cultura para o desenvolvimento intelectual e pedagógico dos estudantes. Segundo ela, o número de jovens envolvidos em manifestações culturais, como música, teatro, dança, prosa, poesia e artes visuais, é significativo.


"A cultura desempenha um papel fundamental na formação dos estudantes. Por isso, a inclusão de mostras culturais competitivas nos Jogos Estudantis Municipais é uma oportunidade valiosa para promover o desenvolvimento cultural e pedagógico dos jovens", ressaltou a vereadora.


O projeto de lei agora seguirá para ser apreciado pelas comissões permanentes da Câmara Municipal. Caso seja aprovado a tempo, as atividades culturais poderão ser incluídas já na edição de 2023 do JEM, que reúne alunos de escolas municipais e estaduais da região.


A proposta apresentada pelo Coletivo do PSOL prevê a inclusão de atividades culturais no JEM por meio da alteração do § 2° do art. 1° da lei 8782/2006, que trata sobre o evento esportivo. O texto do projeto de lei completo enfatiza a importância da cultura para os estudantes e destaca a relevância de proporcionar um espaço competitivo para as diversas manifestações culturais presentes nas escolas de Ponta Grossa.


O Coletivo do PSOL espera contar com o apoio dos parlamentares para a aprovação do projeto de lei. Caso seja aprovado, essa iniciativa promoverá um ambiente mais abrangente nos Jogos Estudantis Municipais, valorizando e incentivando as habilidades culturais dos jovens estudantes de Ponta Grossa.


A expectativa é de que o debate em torno do projeto de lei ocorra nas próximas semanas, permitindo que a decisão seja tomada a tempo para a inclusão das competições culturais na programação do JEM deste ano. O avanço dessa proposta pode significar um importante passo para a valorização da cultura no âmbito estudantil e abrir caminho para o desenvolvimento cultural e pedagógico dos jovens da cidade.



Comentários


bottom of page