• Redação

Colégio Públicos de PG recebem palestra sobre a Colônia Sutil

O quilombo da Colônia Sutil e a escritora Carolina Maria de Jesus são temas centrais da atividade, que tem como objetivo protagonizar a importância da população e da cultura negra em Ponta Grossa

Colégio Públicos de PG recebem palestra sobre a Colônia Sutil. Foto: Fora da Casa Prod.


Diversos Colégios da rede pública de ensino de Ponta Grossa estão sendo contemplados com uma palestra dentro do projeto os Colégios Estaduais de Ponta Grossa estão recebendo uma palestra dentro do projeto “A Glória do Meu Quilombo – A Importância de Carolina Maria de Jesus”, com incentivo do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific).


O quilombo da Colônia Sutil e a escritora Carolina Maria de Jesus são temas centrais da atividade, que tem como objetivo protagonizar a importância da população e da cultura negra na história do Brasil e, sobretudo, de Ponta Grossa. Desta forma, a artista Ligiane Ferreira constrói um paralelo sobre a história de luta e glória da comunidade do Sutil com a biografia e literatura da primeira escritora negra a ser publicada no país: Carolina Maria de Jesus.


Nas palavras de Ligiane, “Quanto mais os jovens se aproximam da própria história, ou seja, a história do seu (nosso) país mais eles são estimulados a contribuírem com os fazeres culturais e artísticos da nossa região”, a diretora do projeto completa sua fala dizendo que “Esta palestra é decorrente de um espetáculo de teatro que realizei, inspirado na obra ‘Quarto de Despejo’, de Carolina. Meu pai foi quilombola do Sutil, portanto as duas correntes históricas (de Carolina e da Colônia), correm em minhas veias. É importante realizar esta atividade como registro patrimonial da nossa cidade”.


Carolina Maria de Jesus é tema recorrente nas provas de vestibular das universidades e o projeto é voltado justamente para os estudantes do ensino médio. “A Ligiane tem feito um trabalho fundamental no fomento ao conhecimento dos estudantes de Ponta Grossa, pois durante a execução das palestras percebemos que os jovens têm pouco conhecimento sobre a Carolina Maria de Jesus, e muitos deles nunca tinham ouvido falar da Colônia Sutil. Ao fim das apresentações, os jovens vêm conversar com a gente e ficam admirados com o trabalho que estamos realizando.”, comenta Gabriel Vernek, produtor do projeto e diretor do Atteliê Criativo. O público pode acompanhar o projeto através da página do Instagram.


O projeto é realizado com apoio do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific), Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, Secretaria Municipal de Cultura, Conselho Municipal de Política Cultural.


Realização: Atteliê Criativo - Espaço de Criação e Pesquisa em Arte

Patrocínio: Belgotex do Brasil

Incentivo: Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific), Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, Secretaria Municipal de Cultura, Conselho Municipal de Política Cultural

Foto: Divulgação

Da Assessoria