top of page
  • Foto do escritorRedação

Biblioteca Pública do Paraná anuncia a programação da 7ª edição da Festa Literária

Evento que acontece de 23 a 28 de outubro, contará com lançamento de livros, oficinas, teatro, arte, música e mesas literárias

Biblioteca Pública do Paraná anuncia a programação da 7ª edição da Festa Literária. Foto: Divulgação/BPP

Entre os dias 23 e 28 de outubro, de segunda a sábado, a Biblioteca Pública do Paraná (BPP) realiza a 7ª edição de sua Festa Literária (Flibi) que, neste ano, tem como tema: “Mil vezes literatura”. O evento propõe um percurso pelas mais diversas formas de expressão da escrita, como a música, teatro, cinema, artes visuais, e, claro, a literatura. A entrada é gratuita para todas as atividades. Neste ano, a programação tem oficinas literárias, contação de histórias, lançamentos de livros, mesas-redondas, grafite, batalha de rimas, sessões de cinema, roda de samba, peça teatral e show musical.


O diretor da Biblioteca, Luiz Felipe Leprevost, ressalta que o tema da Flibi deste ano, “Mil Vezes Literatura”, sustenta a ideia de que há várias formas de expressões literárias na programação. “Tem a brincadeira com as Mil e Uma Noites, também a expressão popular: entre isso e aquilo, prefiro mil vezes a literatura. A BPP é um espaço cultural, onde as mil possibilidades de vivência na literatura são possíveis, na relação com os livros e para além dos livros”, afirma.


Para a secretária estadual da Cultura, Luciana Casagrande Pereira Ferreira, a programação tão diversificada da Flibi deste ano reflete a linha que a BPP tem seguido de ser mais do que uma biblioteca, um centro cultural do Paraná. “Várias linguagens da arte têm convergido nesse espaço plural que a Biblioteca reafirma de forma tão intensiva nesta edição da Festa. É muito gratificante compartilhar desse espaço tão inclusivo e pulsante”, diz.


O público pode conferir durante toda a semana o trabalho de artistas e escritores e escritoras de diferentes áreas: a DJ Selecta Manzana abre a festa com um set de música brasileira; Marciel Conrado faz uma obra com a técnica do grafite na rampa da biblioteca, para que as pessoas que circulam pelo centro possam ver o processo de trabalho; o escritor Luís Henrique Pellanda realiza uma oficina de crônica e a professora Geisa Lessa, da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), faz uma oficina sobre o surgimento da escrita indígena na América do Sul; além da oficina permanente de poesia, que já ocorre todas as quintas às 18h na BPP, com Lilia Souza, presidente da Academia Paranaense da Poesia.


Haverá mesas literárias com Ana Maria Martins Marques, Giane Lessa, Guilherme Gontijo Flores, Gustavo Silveira Ribeiro, Jovina Renhga, Lena Japiassu Macedo, Luci Collin, Luiz Geraldo Silva, Ricardo Corona, Simone Brantes, Veronica Stigger e Vitor Paiva.


Mulheres Maravilhosas

Os clubes de leitura Mulheres Maravilhosas e Volta ao Mundo Literária conversam sobre os livros: A Mulher que Atravessa a Ponte, de Ana Emília Cardoso, e A Festa de Babette, de Karen Blixen, respectivamente. Está programada também uma mesa sobre o formato, com Guilherme Shibata.


A Casa Eliseu Voronkoff presta uma homenagem à pedagoga e mediadora Jacqueline Carteri, falecida em 2022, com contação de histórias de seus livros, na Seção Infantil — que também tem uma programação especial para as crianças, a “Flibinha”, com lançamento de livro e exibição de filmes, além da contação de histórias.


Na sexta, ao meio-dia, a cantora Bruna Lucchesi faz se apresenta ao público, e à noite ocorre a estreia da peça teatral Livro-me, espetáculo que faz uma declaração de amor aos livros, dirigido por Sergio Mercurio, com roteiro e atuação de Fábio Lins, idealizado para chamar atenção sobre o poder dos livros e sua capacidade de transformar os leitores. A classificação indicativa é de 14 anos.


No último dia, sábado, a Flibi conta com uma série de atrações: a professora de História Vanessa Viacava conversa com o público sobre o samba e o Carnaval em Curitiba, seguida da Roda de Samba do Compositor. Logo após, acontece um lançamento de livro na Seção Infantil. Todas as atividades iniciam pela manhã.


Às 14h, será apresentado o documentário August Willemsen, a Página e a Realidade, com lançamento do livro Cartas Brasileiras e bate-papo com a diretora do documentário Frederieke Jochems, a tradutora Mariângela Guimarães, o editor e produtor Joris Kleverlaan e o ilustrador e designer gráfico Frede Tizzot. A festa encerra com a Batalha de Pinhais, na rampa da biblioteca, com o duelo de quatro MC´s, que terá recurso de acessibilidade com tradução simultânea em Libras, a partir das 16h30.


Confira a agenda completa:

MIL VEZES LITERATURA — 7ª FESTA LITERÁRIA DA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ

23 a 28 de outubro 2023

Dia 23 - segunda-feira

Obra aberta: Marciel Conrado

10h Local: Rampa externa

O artista visual Marciel Conrado vai produzir uma obra na rampa de entrada da Biblioteca. O público poderá assistir o processo de criação do artista, convidado a produzir uma arte que, após o evento, ficará exposta na BPP.


Discotecagem com a DJ Selecta Manzana

12h

Local: Rampa externa

Marcia Toledo, aka Selecta Manzana, toca na noite curitibana desde os anos 2000. Sua maior pesquisa está na música brasileira, especialmente na década de 1970. Passeia também pelo funk, soul, rap, jazz e flerta com os ritmos jamaicanos e o instrumental dançante.


Oficina: A crônica é para todos, com Luís Henrique Pellanda

14h30

Local: Coworking

A oficina tem como objetivo estudar a recepção e levantar prováveis motivações da popularização da crônica no Brasil. Serão realizadas leituras e discussões conjuntas de cronistas do clássico ao contemporâneo.

Inscrições: luispellanda@gmail.com

20 vagas (por ordem de inscrição).


Ler Junto: Guilherme Shibata e Luís Henrique Pellanda

18h

Local: Auditório

O projeto de leitura guiada Ler Junto, que já é realizado na Biblioteca Pública do Paraná toda segunda, às 18h, por Guilherme Shibata, professor da Universidade Federal do Paraná, terá a participação especial do cronista Luís Henrique Pellanda, que vai ler a crônica Noite no Brasil.

Dia 24, terça-feira

Obra aberta: Marciel Conrado

10h

Local: Rampa externa

O artista visual Marciel Conrado vai produzir uma obra na rampa de entrada da Biblioteca. O público poderá assistir o processo de criação do artista, convidado a produzir uma arte que, após o evento, ficará exposta na BPP.


Clube de leitura: Mulheres Maravilhosas — livro A Mulher que Atravessa a Ponte, de Ana Emília Cardoso

10h

Local: Hall térreo

A Confraria Mulheres Maravilhosas surgiu há 13 anos com o objetivo de propor leituras mensais de autoras femininas.


Oficina: O livro que fala e as letras que dançam no ar: o surgimento da escrita indígena na América do Sul, com Giane Lessa

10h

Local: Coworking

A proposta da oficina é apresentar o encontro de civilizações na América do Sul e o surgimento e as características da escrita indígena. Giane é professora associada do curso de Mediação Cultural, Artes e Letras da Unila, além de poeta e artista visual.

Inscrições AQUI

20 vagas


Oficina: A crônica é para todos, com Luís Henrique Pellanda

14h30

Local: Coworking

A oficina tem como objetivo estudar a recepção e levantar prováveis motivações da popularização da crônica no Brasil. Serão realizadas leituras e discussões conjuntas de cronistas do clássico ao contemporâneo.

Inscrições: luispellanda@gmail.com

20 vagas


Mesa: Cultura e Literatura Indígena, com Giane Lessa e Jovina Renhga

Mediação: Lena Japiassu

17h

Local: Hall térreo

Bate-papo sobre cultura e literatura indígena com Jovina Renhga, fundadora da primeira aldeia indígena urbana do Paraná, Kakané-Porã, na região Sul de Curitiba, vice-presidente do Conselho Nacional de Mulheres Indígenas e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar; e com Giane Lessa, professora associada do curso de Mediação Cultural, Artes e Letras da Unila, poeta e artista visual.


Mesa: Poesia brasileira contemporânea: entre crítica & criação, com Ana Martins Marques e Gustavo Silveira Ribeiro

Mediação: Paulo Benites

19h

Local: Auditório

Conversa sobre a poesia brasileira contemporânea.

Dia 25, quarta-feira

Obra aberta: Marciel Conrado

10h

Local: Rampa externa

O artista visual Marciel Conrado vai produzir uma obra na rampa de entrada da Biblioteca. O público poderá assistir o processo de criação do artista, convidado a produzir uma arte que, após o evento, ficará exposta na BPP.


Clube de leitura Volta ao Mundo Literária — livro A Festa de Babette, de Karen Blixen

10h

Local: Hall térreo

O Clube de Leitura Volta ao Mundo Literária reúne desde 2015 pessoas curiosas que compartilham o amor pela viagem, pelos livros e pela descoberta. O encontro será mediado por Maria Claudia Cassou e terá a participação de Maria Cristina Seixas Gulin e Paola Seixas Gulin.


Oficina: O livro que fala e as letras que dançam no ar: o surgimento da escrita indígena na América do Sul, com Giane Lessa

10h

Local: Coworking

A proposta da oficina é apresentar o encontro de civilizações na América do Sul e o surgimento e as características da escrita indígena. Giane é professora associada do curso de Mediação Cultural, Artes e Letras da Unila, além de poeta e artista visual.

Inscrições AQUI

20 vagas


Oficina: A crônica é para todos, com Luís Henrique Pellanda

14h30

Local: Coworking

A oficina tem como objetivo estudar a recepção e levantar prováveis motivações da popularização da crônica no Brasil. Serão realizadas leituras e discussões conjuntas de cronistas do clássico ao contemporâneo.

Inscrições: luispellanda@gmail.com

20 vagas


Mesa: Tanka e haiku: tradição e modos de abrasileiramento, com Ricardo Corona

Mediação: Julia Raiz

17h

Local: Auditório

O escritor fala sobre as modalidades da poesia do Japão Antigo e sobre seus livros, Morada do Vazio (tankas) e Nuvens de Bolso (haikus), que remontam uma longa vivência e apuro das formas orientais que passam pela tradição e pelo imprescindível abrasileiramento.


Mesa: Dos fazeres, das linguagens, com Verônica Stigger e Guilherme Gontijo Flores

Mediação: Cristiano de Sales

19h

Local: Auditório

Conversa sobre inspirações, o fazer literário e as experimentações com a linguagem.

Dia 26, quinta-feira

Obra aberta: Marciel Conrado

10h

Local: Rampa externa

O artista visual Marciel Conrado vai produzir uma obra na rampa de entrada da Biblioteca. O público poderá assistir o processo de criação do artista, convidado a produzir uma arte que, após o evento, ficará exposta na BPP.


Mesa: Existência literária para além dos livros, com Vitor Paiva

Mediação: Cristiano Castilho

15h

Local: Hall térreo

O autor apresenta a história do movimento literário Centro de Experimentação Poética ou CEP 20.000, com três décadas de atividades, em que artistas consagrados e estreantes apresentam suas criações nas mais variadas formas de expressão artística.


Mesa: Literatura e juventude, com Luiz Geraldo Silva

Mediação: Luiz Felipe Cunha

17h

Local: Hall térreo

O escritor fala sobre o seu processo de criação literária e como o tema “juventude” aparece em suas obras.


Oficina Permanente de Poesia, com Lilia Souza

18h

Local: Coworking

Oficina de Poesia que ocorre todas as quintas na BPP, realizada pela Academia Paranaense da Poesia.


Mesa: Histórias em fluxo: gênero e hibridismo na narrativa contemporânea, com Luci Collin e Simone Brantes

Mediação: Luiz Felipe Leprevost

19h

Local: Auditório

As autoras dialogam sobre suas articulações textuais entre prosa e poesia, considerando o hibridismo de gêneros literários e os procedimentos possíveis que cada uma encontra como estratégia em sua criação artística.

Dia 27, sexta-feira

Obra aberta: Marciel Conrado

10h

Local: Rampa externa

O artista visual Marciel Conrado vai produzir uma obra na rampa de entrada da Biblioteca. O público poderá assistir o processo de criação do artista, convidado a produzir a arte, que, após o evento, ficará exposta na BPP.


Apresentação musical, com Bruna Lucchesi

12h

Local: Rampa externa

Bruna Lucchesi é cantora, compositora e instrumentista. Seu trabalho é marcado pela intensidade das interpretações, criando uma experiência estética sensorial.


Mesa: Clube de leituras Mulheres Maravilhosas, Volta ao Mundo Literária e Guilherme Shibata

15h

Local: Hall térreo

Conversa sobre os clubes de leitura e a crescente procura por esta modalidade de encontro.


Estreia solo teatral: Livro-me, com Fábio Lins

19h

Local: Auditório

Espetáculo de ficção que mostra a transformação da vida de um jovem por meio do contato com diversas obras que afetam suas escolhas e a forma de olhar para o mundo. O espetáculo foi inspirado em escritores como Jorge Amado, Cecília Meireles, José Saramago, entre outros.

Capacidade: 130 pessoas (entrada gratuita por ordem de chegada)

Classificação indicativa: 14 anos.


Dia 28, sábado

Apresentação sobre a história do samba e do Carnaval em Curitiba, com Vanessa Viacava

9h15

Local: Hall térreo

A professora de história fala sobre a formação da cena carnavalesca em Curitiba a partir dos anos 1940, para entender como os blocos carnavalescos da cidade transformaram-se nas primeiras escolas de samba. Também vai observar o impacto da Colorado, a primeira escola que trouxe o samba como elemento central de sua organização.


Samba do Compositor Paranaense

10h

Local: Hall térreo

Aberto a poetas, instrumentistas e à comunidade interessada na produção dos compositores do Estado, o evento busca fomentar o samba local e destacar suas diferentes facetas. Mais de 1,3 mil músicas inéditas já foram apresentadas ao longo dos 12 anos do projeto, que passou por outros espaços culturais de Curitiba.


Lançamento do livro Cartas Brasileiras, de August Willemsen

14h

Local: Auditório

O evento de lançamento pela editora Arte e Letra ainda conta com bate-papo e exibição do documentário August Willemsen, a Página e a Realidade.


Encerramento: Batalha de Pinhais + libras

16h30

Local: Rampa externa

Em parceria com a Batalha de Pinhais, a Flibi traz para sua 7ª edição uma seção de batalha de rimas com o tema “literatura brasileira”. O evento terá tradução simultânea em libras.

PROGRAMAÇÃO INFANTIL — FLIBINHA

Hora do conto

23 a 27 de outubro, às 11h

23, 25 e 26 de outubro, às 15h

Local: Seção Infantil

Sessão de contação de histórias da Biblioteca Pública.

Cine Pipoquinha

23 a 26 de outubro

14h

Local: Seção Infantil

Sessões de curtas com audiodescrição.

Homenagem e contação de histórias com a Casa Eliseu Voronkoff

Dia 24 de outubro

15h

Local: Seção Infantil

O encontro acontece em homenagem a Jacqueline Carteri, pedagoga e mediadora de leitura, falecida em 2022.

Cine Pipoca — filme Hotel Transilvânia

27 de outubro

14h30

Local: Auditório

Sessão de cinema com distribuição de pipoca gratuita.

Sábado Lúdico

28 de outubro

10h

Local: Gibiteca/Multimeios

Evento para crianças de 6 a 12 anos, voltado para o aprendizado de RPG e card games.

Lançamento do livro A Galinha D´angola que Jogava Bola, de Claudia de Biassio

28 de outubro

11h

Local: Seção Infantil

Sessão de autógrafos com a autora Claudia de Biassio.

Serviço:

Festa Literária da Biblioteca Pública do Paraná 2023 (Flibi)

Tema: Mil Vezes Literatura

Data: de 23 a 28 de outubro de 2023, segunda a sábado

Local: Na Biblioteca Pública do Paraná

Rua Cândido Lopes, 133 - Centro - Curitiba

Fone: 41 3221-4900



Por AEN

Comments


bottom of page