• Redação

Bandas de PG podem se apresentar na maior feira de música do Sul do Brasil

Feira Internacional da Música do Sul (FIMS) encerra inscrições para showcases neste domingo (10)

Bandas de PG podem se apresentar na maior feira de música do Sul do Brasil. Foto: Divulgação

A Feira Internacional da Música do Sul (FIMS) está com chamada aberta para músicos, grupos e bandas de Ponta Grossa e interior do Paraná que queiram se apresentar no evento no formato showcase. Chegando em sua sexta edição, a FIMS é hoje a maior feira de negócios da música no Sul do país e reúne programadores de festivais, jornalistas, curadores, entre outros profissionais da área no Brasil, América Latina e outras partes do mundo.


Para participar do evento principal, marcado para 02 a 05 de novembro, em Curitiba, os interessados devem ser aprovados na seletiva chamada Drops FIMS, que será realizada nos dias 12 e 13 de agosto, em Londrina. As inscrições estão abertas até este domingo, 10 de julho, pelo site www.fims.com.br (na aba Drops FIMS). A seletiva em Londrina terá seminários e um espaço privilegiado de networking, além dos showcases de artistas paranaenses.


“Estamos fazendo este convite especial para o pessoal de Ponta Grossa pois conhecemos a qualidade técnica e artística do cenário local. Sabemos que a cidade tem profissionais da música com alta capacidade de alçar novos voos e a FIMS está aí pra auxiliar nessa jornada”, afirma o diretor geral da feira, Téo Ruiz, que já participou anteriormente da curadoria do FUC e do Promific.


Pode se inscrever no edital todo e qualquer projeto musical autoral, de artista solo ou banda, instrumental ou não, de qualquer gênero musical, que sejam atuantes no estado do Paraná (exceto capital). O interessado deve ter lançado no mínimo 1 álbum físico ou virtual, com no mínimo 5 músicas. As cotas de ações afirmativas serão: mínimo 50% para artistas mulheres, o mínimo 20% para LGBTQIA+ e o mínimo 20% para pessoas negras e indígenas, em todas as categorias.


A seleção será feita por um Conselho Consultivo da FIMS e colaboradores, formado por profissionais do mercado, de acordo com critérios como qualidade artística, originalidade, disponibilidade e vontade de firmar novas parcerias e fechar shows em outras praças fora de sua cidade natal, entre outros.


Segundo o produtor Eduardo Godoy, diretor da Estratégia Projetos Criativos, “a FIMS é uma agregadora de tendências, um excelente espaço de networking e uma oportunidade ímpar para ser conhecido por programadores de festivais e outros profissionais da área da música, podendo gerar convites, negócios e parcerias”. A feira, que tem várias facetas, já foi indicada duas vezes como um dos melhores eventos musicais do país pelo Prêmio Profissionais da Música.

Bandas de PG podem se apresentar na maior feira de música do Sul do Brasil. Foto: Divulgação

Formato showcase

Showcases são shows de curta duração (máximo 20 minutos) com o intuito de mostrar o conteúdo e a performance de uma banda ou artista para um público de profissionais do mercado da música e formadores de opinião. Este tipo de apresentação é característica de feiras de negócios de música e tem o intuito de gerar interesse de negócios e relacionamento para os artistas selecionados pela FIMS. Diferentemente de festivais, neste tipo de evento é o artista que vai ao encontro de seus possíveis contratantes. Nesta edição, excepcionalmente, os showcases serão também gravados e transmitidos com exclusividade no Youtube da FIMS durante a programação do evento.



Da Assessoria