top of page
  • Foto do escritorIzabelle Antunes

Artesã de PG se destaca com técnica sustentável em isopor

As produções da Artesã Adriana Raquel são com isopor, um material que leva cerca de 150 anos para se decompor na natureza, além de reaproveitar tecidos que seriam descartados

Artesã une a arte com a sustentabilidade, produzindo seus materiais em itens que seriam descartados, como bandejas de isopor e retalhos de tecido. Foto: Divulgação


A dentista e artesã Adriana Raquel, vem se destacando na arte com suas produções personalizadas de souvenir, arte sacra (religioso) e decorações com tema livre. Empreendedora da 'Mimos da Princesa', a artesã une a arte com a sustentabilidade, produzindo seus materiais em itens que seriam descartados, como bandejas de isopor e retalhos de tecido.


"Escolho o tema, estudo as imagens e crio os desenhos de próprio punho. A arte é passada para o isopor, que escolhi reutilizar para tornar a técnica sustentável. Os tecidos utilizados, em sua maioria, são reaproveitamento de retalhos que seriam descartados", relata a artesã, Adriana.


Entre alguns dos motivos escolhidos para reutilizar o isopor, a artesã conta em suas redes sociais que esse material, leva cerca de 150 anos para se decompor na natureza. "Eles ocupam muito espaço nos aterros sanitários. Além disso, muitos resquícios desse material são descartados em rios e mares, acabam sendo ingeridos por cetáceos e peixes ao serem confundidos com organismos marinhos e, muitas vezes, causam a morte desses animais" descreve a artesã.


Recentemente, a artesã teve seus materiais aprovados no projeto SouPG, que visa fomentar o desenvolvimento de souvenirs que representassem a cidade de Ponta Grossa-PR. Interessados em adquirir presentes, souvenir e demais artesanatos, podem entrar em contato com a Adriana Raquel, através do Instagram, ou pelo whatsapp (42) 9-9968-4845.

Souvenir que representa a Catedral, aprovado no projeto SouPG. Foto: Divulgação


Sobre a artesã

A paixão de Adriana pela arte iniciou ainda quando criança: o desenho era o seu passatempo preferido. No decorrer dos anos foi ampliando seu gosto por diversos trabalhos manuais, e durante a infância e adolescência, passou por cursos de desenhos, bordados e artesanatos em geral. Na vida adulta, nunca deixou a arte de lado, e por muito tempo seguiu fazendo por hobbie, até que decidiu profissionalizar o que tanto amava. Em 2017, nasceu a Mimos da Princesa, em homenagem à Princesa dos Campos Gerais, produzindo peças originais, exclusivas e personalizadas em souvenirs, religiosa e tema livre.

Fotos: Divulgação



Comments


bottom of page