• Redação

APIESP divulga nota de repúdio aos cortes de recursos do CNPq

Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Publico (Apiesp) dibvulga nota de repúdio aos cortes de recursos do CNPq

APIESP divulga nota de repúdio aos cortes de recursos do CNPq. Foto: Divulgação

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), integrante da Apiesp, é uma das instituições que assinam esta nota de defesa dos investimentos em ciência e de proteção do CNPq.


A Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Publico (Apiesp) vem, por meio desta nota, manifestar enorme preocupação com o corte orçamentário anunciado para ciência no Brasil e repudiar a ação do Governo Federal, pois, caso confirmado, o ato irá refletir em prejuízos inestimáveis à pesquisa e à pós-graduação nacional e, consequentemente, de modo irreparável e perene a programas e projetos de desenvolvimento científico e tecnológicos.


Na última semana, o Governo Federal, por meio de uma proposta sorrateira e equivocada do Ofício SEI Nº 438/2021/ME, cortou recursos destinados ao fomento da pesquisa brasileira na ordem de R$690 milhões, 90% de todo orçamento previsto para a ciência. Tais cortes irão impactar de maneira desastrosa na manutenção de bolsas, grupos de pesquisa, laboratórios, dentre outros inúmeros setores vinculados à ciência, comprometendo estudos em todas as áreas do conhecimento, causando prejuízos a curto, médio e longo prazo no desenvolvimento científico.

Considerando o contexto, a APIESP manifesta apoio ao CNPq – principal órgão nacional de fomento à pesquisa brasileira – pela manutenção do seu orçamento, em defesa da ciência já ultrajada e castigada nos últimos anos pelo Governo. Diante de tal arbitrariedade, a APIESP vem reivindicar a governantes e parlamentares que seja revertida a ação, para que se devolva esperança à comunidade científica brasileira e horizonte a um País fatigado da política nefasta para a ciência.


Da Assessoria