• Redação

Às vésperas dos 199 anos, PG recebe exposição com fotos históricas

A exposição virtual ‘A um passo dos 200 anos’ já pode ser visitada no site do Museu Cenas de Ponta Grossa



Ponta Grossa está nos preparativos para as comemorações do seu bicentenário de emancipação. E para marcar a data, o Museu Cenas homenageia a ‘Princesa dos Campos Gerais’ com uma exposição que resgata imagens icônicas do município, com curadoria do historiador e pesquisador Fábio Maurício Holzmann Maia. A exposição virtual ‘A um passo dos 200 anos’ já pode ser visitada pelo www.museucenas.com.br.


No texto de apresentação, Fábio relembra que a emancipação de Ponta Grossa foi conquistada através do Decreto Imperial nº 15, do dia 15 de setembro de 1823, assinado pelo Imperador D. Pedro I. “A cidade se desenvolveu pouco a pouco e já no final do século XIX, mais precisamente em 1894, com a instalação da ferrovia, ganhava foros de ‘Cidade Civilizada’, onde o progresso era a tônica no sentimento da população”, escreve.


Levando o visitante a um verdadeiro passeio pela história local, o pesquisador destaca na exposição aspectos da educação, do esporte, da cultura, da sociedade e do desenvolvimento econômico, além de figuras importantes que conheceram a cidade. “Por aqui passaram, ao longo do tempo, personagens ilustres da história do Brasil, como o Imperador D. Pedro II e sua esposa D. Teresa Cristina no ano de 1880, tendo suas majestades se hospedado na residência de Domingos Ferreira Pinto, que recebeu então o título de Barão de Guaraúna. Também passou por nossa cidade o 'Pai da Aviação', Alberto Santos Dumont, no ano de 1916, e, durante a Revolução de 1930, Getúlio Vargas instalou em Ponta Grossa o comando revolucionário que, naquela ocasião, faz da cidade a alcunha de Capital Cívica do Paraná”, revela.


Mestre em Ensino de História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Fábio Maurício Holzmann Maia é o historiador responsável pelo Museu Cenas. Pesquisador da história local e escritor, atua como professor de História no Ensino Médio na Rede Pública Estadual do Paraná. É membro efetivo da Academia de Letras dos Campos Gerais (ALCG), sendo o 1º ocupante da Cadeira nº 13, e também membro do Centro Cultural Professor Faris Michaele.


“Criamos o Museu Cenas para ser um grande presente à Ponta Grossa no seu bicentenário, reunindo imagens que retratam a história da nossa gente. Estamos em um minucioso processo de recebimento e catalogação de fotografias de instituições, famílias, empresas, igrejas, enfim, de tudo que possamos caracterizar como parte da memória local. Acreditamos que cada cidadão ponta-grossense é fundamental para o reconhecimento da nossa história”, relata a diretora geral do Museu Cenas, a jornalista e produtora cultural Alessandra Bucholdz.


O museu tem patrocínio do Sicredi por meio do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (PROMIFIC). A iniciativa, que leva assinatura da ABC Projetos Culturais em parceria com a Estratégia Projetos Criativos, já possui mais de 2 mil fotografias históricas catalogadas e disponíveis ao público, das mais variadas épocas e temáticas, oriundas de diversos acervos públicos e particulares.


Da Assessoria